Tantou Blog - Aprendendo Nihongo: Brasil

6 de jul de 2010

Brasil


10 anos longe do seu país natal é muito tempo, não?
Imagine chegar e não saber/conseguir usar o orelhão porque vários se encontravam quebrados? Pois é! Passei por essa e muitas outras situações.


Situação 1 : você vai ao banco e não consegue entrar porque a porte giratória trava. Isso aconteceu logo na minha primeria semana de Brasil.
Dica: peça para chamar o gerente ou responsável e explique a situação. Geralmente, resolve.

Situação 2 : não saber qual é a porta de entrada e saída do onibus.

Situação 3 : pedir bilhete de ida e volta de metrô, em São Paulo, e descobrir que agora só existe bilhete único. O valor? Cerca de R$2.50, se não me engano.


Situação 4: descobrir que muitas estradas estão em melhores condições do que as ruas e calçadas dentro das cidades, cheias de desníveis, buracos e lombadas. É claro que isso tem um (alto) preço. Para se ter uma idéia, fui de São Paulo a Maringá ( Parana ) e passei por 12 pedágios, pagando algo em torno de R$90 (cerca de 4500 yens). Abaixo, fotos dos lugares por onde passei.

Rodovia Castelo Branco



Entrada de Maringá

Catedral de Maringá



Marialva

Dirigir no Brasil exige atenção redobrada. É preciso estar atento aos outros carros, às ruas esburacadas e mal - sinalizadas e, também, ao movimento ao redor, principalmente nas grandes cidades, para evitar assaltos em sinaleiros. Isso é triste mas faz parte da realidade brasileira, infelizmente.
Outra coisa que me chamou a atenção, foi a grande quantidade de câmeras e radares espalhados pelas estradas e ruas das cidades que acabam inibindo bastante o excesso de velocidade - em determinados trechos, é verdade.
Apesar do custo e da tensão normal quando se dirige, se você for ao Brasil, aproveite para para viajar e ¨pegar a estrada¨. A experiência pode ser muito agradável.

4 comentários:

  1. Eu entendo o seu sentimento. Estou aqui no Japão há uns 8 anos. Não é tanto tempo assim, mas estou tão acostumado com o Japão que sei, qdo voltar ao Brasil, vou achar q fui parar em outro mundo.

    12 pedágios? q caro... desse jeito compensa ir de avião hahaha... um roubo...

    Mas desejo a vc uma excelente estadia ai no Brasil! Que aproveite e mate muitas saudades, tenha excelentes momentos, que tudo vá bem.
    abração pra vc, Bete

    ResponderExcluir
  2. Oi Alexandre! Na realidade, acabei de retornar do Brasil.

    No começo, achei tudo muito estranho, diferente mesmo, mas, aos pouco, fui me acostumando com a nova - pelo menos para mim - realidade brasileira. Eu digo nova pq apesar dos problemas de sempre, o país está crescendo a olhos vistos. Vc "sente" o progresso.

    Quanto a viagem de avião pra Maringá, eu descartei por causa do preço (mais de R$450). Indo de carro, gastei +- R$600 (gasolina, pedágio e lanche) mas como foi uma viagem com 3 pessoas, no final acabou saindo bem mais em conta. Além disso, tive a oportunidade de comtemplar a paisagem e fazer ótimos lanchinhos nos (bons)postos de beira de estrada. Foi muito bom mesmo!

    Abraços e obrigada pela visita.

    ResponderExcluir
  3. Solamente conocí Sao Paulo, y me encanto, yo quiero volver a Brasil

    ResponderExcluir
  4. Jiff, que bom que gostou do Brasil. Espero que numa proxima visita, voce possa conhecer outros estados brasileiros tambem. Gracias!!

    ResponderExcluir

Os comentários deste blog são moderados.
Use sua conta do Google ou OpenID.
Obrigado pela visita

+ Recentes post: Portais, Sites e blogs no Japão